Orgulho Hater

Feminismo, coisas que eu odeio

2 Comentários

BACK BY POPULAR DEMAND!

*** este post pode conter uma quantidade não aceitável de machismo

*** as ideias e pensamentos relatados neste post não são as mesmas do Senhor Deivid Pommer, de seus associados, e da Hater Corp

Bom, eu comecei o tossir sangue. E tem uma grande probabilidade de eu ter um problema crônico nos meus pulmões, então eu pensei:

“Gostaria muito de publicar algo no meu velho blog antes de morrer”

Talvez eu esteja aumentando um pouco as coisas. Talvez esse negócio de vermelho que sai da minha garganta não seja sangue. Talvez, eu esteja com tanta saúde que a saúde está saindo do meu corpo.

Enfim.

Como o racismo saiu de moda. (Mentira, não saiu, no próximo post, se eu não morrer até lá, eu vou abordar o racismo)

Onde eu estava?

Ah. Partindo da premissa que o racismo tenha saído de moda, as meninas acharam que estava na hora de reivindicarem mais algumas coisas.

Primeiro, as mulheres de hoje em dia não deveriam reclamar de porra nenhuma.

Existem mais mulheres que homens no mundo. Então me explica: como uma maioria pode se auto definir como minoria.

Mulheres. Vocês são tão babacas.

Se as mulheres soubessem da importância que elas tem na vida dos homens elas nunca iriam reivindicar nada.

Desde nossos 12 anos nós somos classificados por quem pega ou quem não pega mulher.

O menino que fica com mais meninas é eleito como o mais popular, eleito tanto por seus companheiros opressores, quanto por vocês pobres vítimas.

A gente trabalha pra ter dinheiro pra levar vocês pra passear (desculpe se soou como passear com um animal de estimação, foi proposital)

Vocês acham que os homens ficam ricos pra nadar em piscinas de dinheiro? Não! Eles ficam ricos pra pegar VOCÊ!

Mulheres. Vocês vão sempre ser a coisa mais importante nas nossas vidas.

É claro que estuprar é errado.

A gente aprende isso desde pequeno quando passa a mão na bunda das meninas na escola.

A propósito, se você tem mais de 20 e ainda não aprendeu que ir no colegial passar a mão nas bundas das meninas, aqui vai minha dica. É errado.

É melhor você aprender aqui do que na cadeia.

(Aliás, pq todo mundo acha que vai ser estuprado na cadeia. Se eu fosse um bandidão malvado eu não iria querer a bundinha de outro na cadeia.

É gay. Atenção senhor presidiário. Se você comeu a bunda do coleguinha na cadeia. Você é gay. Não importa quantos tenha matado

Bichona)

Deixa eu retomar aqui.

A gente sabe que estuprar é errado.

A gente não vai te estuprar.

Então essa parte de mostrar o corpo com as plaquinhas de “por favor não me estupre” é completamente desnecessária.

Ainda mais se você for feia.

Tinha uma mina que era tão feia que postou foto pelada com uma plaquinha escrito “eu sou minha”, mais embaixo estava escrito “mentira”.

Foi uma piada.

Se você for feia não poste fotos. Não proteste. Feia não tem direito de protestar.

Agora se for gostosa. Aí ta liberado.

Tinha uma minha que tinha dado pra tantos caras que fez uma plaquinha escrito “eu sou minha” e postou no facebook.

Mais embaixo os caras comentaram:

“E minha”

“E minha”

Ps: se você é puta não pode protestar. Se você não se respeita como vai querer que os outros homens te respeite?

Pra concluir.

Meninas. Parem de ser tão chatas. Eu poderia propor uma orgia pra vocês tirar essa chatice do corpo.

Mulher chata e reclamona é mulher que não transa. Se você dúvida, vá conversar com velhas. E perceba o quão elas são chatas.

Mulheres. Parem de querer ser iguais aos homens. E tentem ser mulheres. Somos diferentes. Mulheres tentando ser homens, é como por exemplo, sei lá, chimpanzés tentando agir como humanos.

Brincadeira.

Só pq alguns homens saem com várias, comem várias, não quer dizer que vocês precisam ser iguais.

Vocês já votam. Já trabalham. Algumas até não apanham mais.

image

O que mais vocês querem.

Se você fazer algo errado pq outra pessoa faz algo errado, a coisa toda continuará errada.

Isso é tudo pessoal.

E que deus nos perdoe.

Posted from WordPress for Android

Anúncios

Autor: Orgulho Hater

O Maior Idiota Do Mundo

2 pensamentos sobre “Feminismo, coisas que eu odeio

  1. Ai que gracinha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s